35.9 C
Amambai
terça-feira, 3 de outubro de 2023

XI Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente foi realizada em Amambai

- Publicidade -

A Prefeitura de Amambai, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), realizou na noite da quarta-feira e na manhã desta quinta-feira, 19 e 20 de outubro, a XI Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.


Neste ano, a programação teve como tema: Situação dos direitos humanos das crianças e adolescentes em tempo de pandemia da COVID-19: violações e vulnerabilidades, ações necessárias para reparação e garantia de políticas de proteção integral, com respeito à diversidade.


O objetivo da Conferência foi promover ampla mobilização social para refletir e avaliar os reflexos da pandemia da COVID-19 na vida das crianças e adolescentes e de suas famílias, além da construção de propostas de ações e políticas públicas que garantam os seus direitos no contexto pandêmico e pós-pandêmico.


Nesta quarta-feira, representantes governamentais, autoridades do município, estudantes e a equipe da Escola Renascer de Amambai participaram da palestra de Ricardo Silva Gligio Junior, professor, teólogo, especialista em Sistêmica Familiar e Escuta Personalizada.


Segundo ele, esta ação foi realizada para preparar a todos no planejamento do que seria realizado durante a quinta-feira. “Precisamos ressaltar a importância de ouvir a criança e o adolescente sobre suas necessidades e dificuldades, com foco em criar soluções e desenvolver técnicas para atende-la”, afirmou.


A programação continuou nesta quinta-feira, na Escola Estadual Coronel Felipe de Brum, antiga FIAMA, com a divisão de alunos do 6º ano do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino Médio para debate dos cinco eixos.


Ainda na data foram escolhidos quatro delegados que irão para a Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente e três propostas por eixo, que serão encaminhadas para a programação de nível estadual.

Fonte: Bruna Corrêa/SECOM

Leia também

- Publicidade -
- Publicidade -