21.7 C
Amambai
quinta-feira, 25 de abril de 2024

Amambai poderá ter curso de Medicina em 2024

- Publicidade -

O prefeito de Amambai, Dr. Edinaldo Luiz de Melo Bandeira, demonstrando interesse em tornar Amambai um polo ainda maior no campo da saúde, da medicina e também da educação, recebeu em seu gabinete os representantes da Unicesumar, instituição de ensino superior que pretende instalar no Mato Grosso do Sul mais uma sede do curso de Medicina e Amambai é uma das cidades que estão no pleito para recebê-la, que se insere no âmbito de um programa federal lançado para descentralizar a oferta de cursos de medicina e fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS).

Estiveram em Amambai a coordenadora da residência médica da Unicesumar, Sandra Fanchini, o coordenador do internato médico da universidade Rafael Padial; Fátima Zebreso, gerente de serviços da saúde, Fátima de Azevedo Sabes.

Acompanhados da Secretária Municipal de Saúde, Dirlene Zanetti, a comitiva visitou o gabinete do prefeito, uma Unidade Básica, o Hospital Regional e o local onde será a sede do curso caso Amambai seja contemplada.

“Vamos oferecer todo o suporte para a Unicesumar e faremos todo o possível para que este curso venha para Amambai. Nossa população e a população das cidades vizinhas merecem”, disse o prefeito Dr. Bandeira.

Mais Médicos

O programa federal lançado no âmbito do Mais Médicos, tem como objetivo fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil. Busca descentralizar a oferta de cursos de medicina, com a proposta de abrir 95 novos cursos em 1.719 municípios ao longo de 10 anos. O intuito é atingir a meta de 3,3 médicos por mil habitantes. O edital estabelece critérios para instituições privadas apresentarem projetos, visando a interiorização dos cursos e considerando a infraestrutura de saúde preexistente em cada localidade. Essa iniciativa visa melhorar o acesso à formação médica em diversas regiões do país, incluindo municípios como Amambai, que se apresentam como potenciais para receber esses cursos.

Fonte e Fotos: Patrícia Dapper e Raquel Fernandes /Secom
Matéria atualizada às 12h para acréscimo de informações.

Leia também

- Publicidade -
- Publicidade -