21.4 C
Amambai
terça-feira, 5 de março de 2024

Governo do Estado distribui 1424 toneladas de Calcário para comunidades indígenas de Amambai

- Publicidade -

O foco da ação é a melhoria da produção local por meio da correção do solo.

13/06/2022 10h29 – Por: Bruna Corrêa/Secom

Com foco na melhoria da produção local por meio da correção do solo para o cultivo de feijão, milho e mandioca, entre outras culturas, o Governo do Estado está entregando calcário para as comunidades indígenas de Mato Grosso do Sul.

As três aldeias de Amambai serão atendidas, com a distribuição de 237 toneladas de Calcário para a Limão Verde, 87 para a Jaguari e 1100 toneladas para a comunidade que recebe o nome do município, inclusive, a qual já recebeu sua última remessa nesta segunda-feira, 13 de junho.

Segundo o Coordenador Técnico Municipal da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (AGRAER), Emerson Costa Machado, para atender a Aldeia Amambai foram necessárias aproximadamente 25 carretas com produto e logo que se encerre esta entrega, terá início a distribuição nas comunidades Limão Verde e Jaguari. “Os resultados esperados são o aumento da produtividade e o fortalecimento da agricultura”, detalhou o técnico.

Investimento

Esta é a primeira vez que as comunidades indígenas do Estado recebem calcário em grandes quantidades, mais uma ação que faz parte do Programa de Apoio às Comunidades Indígenas de MS (PROACIN).

Estão sendo investidos R$ 5,3 milhões nesta ação, que vai beneficiar 76 aldeias de 26 municípios com a entrega de aproximadamente 15 mil toneladas do produto, objetivando a melhoria da qualidade de vida da população indígena do Mato Grosso do Sul.

A comunidade da Aldeia Amambai já recebeu sua remessa em aproximadamente 25 carretas / Foto: SECOM

Leia também

- Publicidade -
- Publicidade -