19.7 C
Amambai
quarta-feira, 24 de julho de 2024

Prefeitura de Amambai assina ordem de serviço para início de construção de casas do projeto Sonho Meu

- Publicidade -

Solenidade de assinatura aconteceu na segunda-feira, 19 de dezembro, na Câmara de Vereadores de Amambai, grande parceira da administração nesta conquista.

Na presença de autoridades municipais, sociedade em geral e famílias contempladas, foi assinada, na noite da última segunda-feira (19), a ordem de serviço para dar inicio a construção das primeiras 25 unidades habitacionais do projeto Sonho Meu.

A solenidade, que aconteceu na Câmara de Vereadores, contou com a presença do prefeito de Amambai, Dr. Edinaldo Luiz de Melo Bandeira, idealizador do projeto, em parceria com o Legislativo Municipal. O gestor municipal, na oportunidade, explicou que o “Sonho Meu” surgiu da necessidade de criação de algum programa de habitação que atendesse os amambaienses com menor poder aquisitivo e que sem o apoio de parceiros como a Câmara de Amambai, esse projeto não sairia do papel.

“Tenho a grata satisfação de poder, no meu mandato, ajudar esses amambaienses a realizarem o sonho de ter a casa própria (…) vamos começar com as 25, depois daremos início a mais 25, por isso sonhem com a gente, essa conquista é de todos nós”, salientou o prefeito.

Cada uma das casas do projeto terão o custo aproximado de R$ 71 mil, valor totalmente angariado através recursos próprios do município por meio da devolução do duodécimo por parte da Câmara de Vereadores.

O presidente da Casa de Leis, Valter Brito, agradeceu a todos os vereadores por reduzirem seus gastos de direito para, junto ao executivo, investirem neste projeto, que fará a diferença na vida da população. “Esse é mais um sinal de que quando a classe política se une e trabalha em conjunto, quem ganha é a população”, frisou Brito, que deixa a presidência do Legislativo Municipal após dois anos.

Ainda durante a solenidade, foram entregues 26 títulos definitivos de regularização fundiária a moradores das vilas Cristina e Caiuás.

Veja algumas fotos:

Fonte: Patrícia Dapper/SECOM

Fotos: Kadyma Freitas/SECOM

Leia também

- Publicidade -
- Publicidade -